António Sebastião nega estar a preparar candidatura à Câmara de Beja

António Sebastião nega estar a preparar candidatura à Câmara de Beja

Teorias e conjecturas há muitas, mas o futuro político de António Sebastião só será decidido em 2013, quando este terminar o seu terceiro e último mandato à frente dos destinos da Câmara de Almodôvar.
“Sempre tenho dito que após 2013, quando terminar o meu mandato na Câmara de Almodôvar, estarei disponível para poder trabalhar para a região naquilo que for concertado com o meu partido”, frisa ao “CA” o autarca do PSD, que nega assim a tese defendida na passada semana pelo actual presidente da Câmara de Beja, o socialista Jorge Pulido Valente, na sequência do processo judicial levantado pela Assembleia Distrital (presidida por Sebastião) à autarquia bejense por esta ter em dívida cerca de 135 mil euros.
Na altura, Pulido Valente acusou António Sebastião de estar a fazer-lhe “uma perseguição política e um linchamento político”, porque “pretende posicionar-se para ser o candidato do PSD” à presidência da Câmara de Beja nas próximas eleições autárquicas, em 2013.
“Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Absolutamente nada! O processo decorre única e exclusivamente do facto da Câmara de Beja não cumprir as obrigações que tem, mais nada. O resto é conversa e, provavelmente, para tentar desviar aquilo que é o principal e que deve ser analisado para questões acessórias e que não têm nada a ver”, contrapõe António Sebastião.

<b>MAIS INFORMAÇÃO NA EDIÇÃO DE 4 DE MAIO DO "CORREIO ALENTEJO", JÁ NAS BANCAS</b>

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima