Aljustrel recebe encerramento das comemorações do centenário do turismo em Portugal

Aljustrel recebe encerramento das comemorações do centenário do turismo em Portugal

Aljustrel ganhou a “corrida” ao Porto e vai receber no próximo mês de Maio, em data por definir, a cerimónia de encerramento das comemorações do turismo em Portugal.
A notícia é confirmada ao “CA” pelo presidente da autarquia mineira, que não esconde a sua satisfação pela escolha da vila mineira em detrimento da “capital” do Norte.
“É muito importante a nossa candidatura ter sido a vencedora”, sublinha o autarca Nelson Brito, argumentando que Aljustrel teve como “trunfos” o facto de ficar no Alentejo – “região que em termos turísticos está em voga e na moda” – e de ser a “terra-natal” de Manuel Brito Camacho, ministro responsável pela pasta do turismo após a queda da monarquia, em 1910.
“E como este ano se comemoram os 150 anos do nascimento de Brito Camacho, entendemos que em Aljustrel merecíamos ser os ‘cicerones’ do encerramento dos festejos do centenário do Turismo de Portugal”, acrescenta o edil eleito pelo PS.
O programa dos festejos está ainda a ser ultimado, mas segundo apurou o “CA” deve incluir uma cerimónia oficial a partir das 15h00, seguindo-se uma mostra gastronómica do Alentejo no pavilhão do Parque de Feiras e Exposições (com <i>chefs<(i> de renome a elaborarem ementas <i>gourmet</i>) e um encontro de grupos corais alentejanos.
A fechar as comemorações, já de noite, está prevista a realização de um espectáculo musical, que terá como “pano de fundo” o cenário mineiro da vila.
Promovidos pela comissão executiva das comemorações do centenário do turismo em Portugal, que têm o alto patrocínio da Presidência da República, os festejos na vila de Aljustrel terão o apoio da Turismo do Alentejo e não vão acarretar qualquer custo para a autarquia mineira, que terá apenas de assegurar o apoio logístico às iniciativas programadas.
“Tentamos evitar ao máximo os custos, que é uma ‘pedra de toque’ no momento. E a perspectiva que temos é apenas a de ter custos logísticos e o trabalho dos nossos profissionais”, afiança Nelson Brito.
O encerramento das comemorações do centenário do turismo em Portugal deve trazer a Aljustrel diversos agentes nacionais e internacionais ligados ao sector.
Oportunidade que a Câmara Municipal vai igualmente aproveitar para divulgar as potencialidades turísticas do concelho, muito ligadas ao seu património arqueológico industrial e mineiro.
“É nesse sentido que estamos a trabalhar na criação de uma rota à volta da mina e de um Parque Mineiro, que irá congregar uma série de equipamentos e espaços [ligados ao tema] existentes em Aljustrel, nomeadamente o museu, o malacate, a torre de queima ou a própria central de compressores. […] No fundo, queremos catapultar a temática da mina” e transformar Aljustrel num “verdadeiro destino” turístico, explica Nelson Brito.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima