Aljustrel: ACT averigua morte de funcionário da Câmara

Aljustrel: ACT averigua morte

A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) abriu um inquérito para averiguar as circunstâncias do atropelamento mortal de um funcionário da Câmara de Aljustrel.
A ACT esteve no local esta sexta-feira, 28, recolheu elementos e, por tratar-se de um acidente de trabalho mortal, iniciou o processo de averiguações e de elaboração de inquérito, disse à Agência Lusa a directora da Unidade Local do Litoral e Baixo Alentejo da ACT, Guilhermina Coelho.
Segundo contou à Lusa o presidente da Câmara de Aljustrel, Nelson Brito, o acidente ocorreu cerca das 00h30, quando o funcionário, que estava a trabalhar na recolha do lixo, ao sair de um passeio, terá caído e ficado no lado direito da traseira do camião, sendo atropelado mortalmente.
Logo após o acidente, os colegas da equipa da vítima foram "imediatamente substituídos" por outra equipa e estão a receber apoio psicológico da autarquia, sobretudo o condutor do camião, disse o autarca.
A Câmara de Aljustrel está em contacto com a família da vítima e disponível para lhe prestar "o apoio necessário que a situação, dolorosa para os familiares e o Município, exige", disse Nelson Brito.
As operações de socorro mobilizaram bombeiros de Aljustrel e a viatura médica de emergência e reanimação de Beja, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Beja.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima