Águas do Alentejo vai investir 61 milhões de euros

Águas do Alentejo vai investir 61 milhões de euros

A empresa Águas Públicas do Alentejo (AgdA) pretende investir cerca de 61 milhões de euros ao longo dos próximos três anos em projectos espalhados por toda a região.
Nesse sentido, a empresa apresentou seis candidaturas, no valor global de 44,1 milhões de euros, ao Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no uso de Recursos (POSEUR), “com vista à melhoria da qualidade da água e qualidade do serviço de abastecimento que presta a 20 municípios do Alentejo”.
Nesta fase, foram priorizados os municípios onde os sistemas autónomos “não garantem a fiabilidade do serviço de abastecimento ou a qualidade da água fornecida”, nomeadamente Mértola, Castro Verde, Almodôvar, Beja, Odemira, Ourique e Santiago do Cacém revela fonte da AgdA.
“Paralelamente, outros investimentos também se perspectivam para Barrancos, Moura e Serpa”, acrescenta a mesma fonte”, lembrando que “sustentar o abastecimento público em origens de maior fiabilidade e estações de tratamento de água mais robustas, com capacidade para responder eficazmente a alterações sazonais da qualidade da água, é a aposta da empresa para os próximos anos”.
No que respeita ao saneamento de águas residuais foram já aprovadas pelo POSEUR outras seis candidaturas da AgdA, referentes à construção das ETAR de Beja, Grândola, São Teotónio, Montemor-o-Novo, Amareleja e Senhora d’Aires, num valor de 17 milhões de euros, também para executar até 2018.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima