Agricultores do Campo Branco celebram as “bodas de prata”

Agricultores do Campo Branco

A Associação de Agricultores do Campo Branco, com sede em Castro Verde, está esta sexta-feira, 31 de Janeiro, em festa, com as comemorações do seu 25º aniversário.
Tudo começou a 3 de Janeiro de 1989, quando depois de dois anos de muitas reuniões e encontros, um grupo de 29 agricultores e técnicos agrícolas da zona de Castro Verde e dos concelhos limítrofes se deslocou ao Cartório Notarial de Castro Verde para assinar a escritura de constituição da nova Associação de Agricultores do Campo Branco (AACB).
Desde então passaram-se 25 anos, com mais altos que baixos!
“Não tem sido um percurso fácil, pois fundámos uma associação de raiz, a partir do zero. Houve as dificuldades iniciais para se impor, que foram suplantadas conforme iam surgindo os obstáculos. E depois fomos tentando aproveitar todas as oportunidades que tínhamos para ir lançando novas actividades. Mas hoje a associação é uma peça essencial na agro-pecuária da região”, reconhece ao “CA” José da Luz Pereira, sócio-fundador, associado número um e presidente da associação desde 1994.
João Alegre Baltazar foi o primeiro presidente da associação, que é liderada por José da Luz Pereira desde 1994 e tem tido muitos momentos altos ao longo deste quarto de século: desde a criação do Agrupamento de Defesa Sanitária (1989) à constituição do Plano Zonal de Castro Verde (1994), passando pelo reconhecimento como Associação de Utilidade Pública (1995), pela formação do agrupamento de produtores (1998) ou pelo protocolo com o Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina que permitiu a reabilitação do bovino garvonês, então em vias de extinção (2000).
Actualmente, a AACB representa perto de 920 explorações agrícolas nos concelhos de Castro Verde, Ourique, Almodôvar e a parte mais sul de Aljustrel, (quase) todas elas conciliando a produção de cereais de sequeiro com a pecuária extensiva, nomeadamente ovinos, caprinos e bovinos.
“Estamos a falar de cerca de 125 mil animais adultos de pequenos ruminantes (ovinos e caprinos) e cerca de 25 mil bovinos adultos”, revela o presidente da associação.
A AACB emprega 13 técnicos a tempo inteiro e além do apoio administrativo prestado nas candidaturas a ajudas e projectos comunitários é também responsável pela sanidade animal de todos os efectivos pecuários do Campo Branco.

Debates e jantar
As “bodas de prata” da Associação de Agricultores do Campo são festejadas esta sexta-feira, 31, com a realização de dois painéis de debate e um jantar comemorativo onde não faltará o secretário de Estado da Agricultura, José Diogo Albuquerque.
As comemorações vão decorrer no cine-teatro municipal de Castro Verde e arrancam às 14h00, com a sessão de abertura onde marcará presença o presidente da associação, José da Luz Pereira, e a directora-geral de Alimentação e Veterinária, Maria Teresa de Brito.
Segue-se, às 14h30, o painel “Sanidade dos ruminantes”, moderado pela veterinária-coordenadora da AACB, Ana Rita Simões, onde vão participar Miguel Lemos Fernandes (director dos Serviços de Protecção Animal da Direcção Geral de Alimentação e Veterinária) e Virgílio da Silva Almeida (professor da Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa).
Depois das 16h00 a discussão centrar-se-á na “Agricultura de Sequeiro”, estando à conversa Manuel Patanita (docente da Escola Superior Agrária de Beja), António Francisco Colaço (co-responsável pelos campos de experimentação da AACB), Rita Alcazar (dirigente da Liga para a Protecção da Natureza) e Luís Mira (secretágio-geral da CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal).
Este debate será moderado por João Luís Figueira, vice-presidente da mesa da Assembleia Geral da associação.
Às 18h30 terá lugar a sessão de encerramento da comemoração dos 25 anos da AACB, onde estará presente o secretário de Estado da Agricultura, José Diogo Albuquerque, seguindo-se um jantar comemorativo no pavilhão multiusos do Pólo 2 da associação.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima