Aeroporto de Beja com primeiro voo para Londres no próximo dia 22 de Maio

Aeroporto de Beja com primeiro voo para Londres no próximo dia 22 de Maio

O operador turístico britânico Sunvil vai realizar 22 voos “charter” entre o principal aeroporto de Londres e o de Beja entre Maio e outubro deste ano, “assentes numa programação variada” no Alentejo, foi hoje anunciado.
Os 22 voos entre os aeroportos de Heathrow e de Beja vão realizar-se aos domingos, entre 22 de Maio e 16 de outubro, através de um avião Embraer 145 de 49 lugares, precisa a ANA – Aeroportos de Portugal, em comunicado enviado ao “CA”.
Os voos vão partir às 06h00 do aeroporto de Heathrow e chegar às 08h40 ao de Beja. O voo de regresso irá partir às 09h10 do aeroporto de Beja para chegar às 12h00 ao de Heathrow.
O comunicado de hoje da ANA surge quase um mês após uma notícia da Lusa sobre o lançamento a 22 de Maio do voo “charter” inaugural do Sunvil entre os aeroportos de Heathrow e de Beja, segundo informações divulgadas pelo operador no seu sítio oficial na Internet.
Segundo a ANA, a operação dos 22 voos da Sunvil é apoiada pela Agência Regional de Promoção Turística do Alentejo (ARPTA), através de uma campanha de promoção do destino Alentejo no Reino Unido e que promove o aeroporto de Beja como “um meio privilegiado de acesso à região”.
A ANA irá contribuir com “toda a logística necessária” para a concretização dos voos, refere a empresa, que, junto com a ARPTA, vai continuar a “desenvolver o trabalho de aumento de notoriedade do destino Alentejo visando o surgimento de um maior número de operações para a região”.
As “características únicas” do Alentejo têm conseguido, até agora e sem aeroporto, “atingir o propósito de suscitar interesse no visitante”, lembra a ANA, referindo que a ligação da região aos vários mercados turísticos por via aérea “irá, sem dúvida, potenciar o volume de turismo”.
Segundo a ANA, o Alentejo tem registado nos últimos anos um aumento de dormidas de estrangeiros nos vários mercados emissores, o que se justifica pela “maior atractividade” do destino, devido a vários factores, como uma oferta cada vez mais estruturada, diversificada e com maior qualidade.
O aeroporto de Beja “veio trazer à região a possibilidade de adicionar valor a um produto turístico que se pretende posicionar e afirmar de forma consolidada nos principais mercados emissores”, frisa a ANA.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima