ACT detecta irregularidades em olivais do distrito de Beja

ACT detecta irregularidades

A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) detectou na quarta-feira, 18, “várias irregularidades” durante nova acção na apanha da azeitona no Baixo Alentejo.
A operação de fiscalização, efectuada pela Unidade Local do Litoral e Baixo Alentejo da ACT, abrangeu duas empresas prestadoras de serviços com trabalhadores romenos à sua responsabilidade, sendo que apenas um estava declarado à Segurança Social.
“Por outro lado, apenas foram apresentados contratos de trabalho relativamente a sete trabalhadores”, acrescenta fonte da ACT, revelando que os inspectores identificaram também “uma menor, de 15 anos de idade, sem escolaridade obrigatória, sendo notificada a cessão imediata da sua actividade”.
Durante a operação foi ainda apurado que 21 trabalhadores “não estavam cobertos por seguro de acidentes e não foi evidenciada a existência de registos do tempo de trabalho, realização de exames médicos e organização das actividades de segurança e saúde no trabalho”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima