36 funcionários com situação regularizada na Câmara de Odemira

36 funcionários com

Um grupo de 10 trabalhadores da Câmara de Odemira com vínculos precários assinou no início deste mês, a 1 de Outubro, contratos de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado, ao abrigo do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários.
De acordo com fonte municipal, “durante o período em que as autarquias estavam condicionadas a fazer novas contratações, o Município de Odemira recorreu a diversas prestações de serviços para o cumprimento de algumas das suas funções essenciais bem como ao apoio de beneficiários aos programas Contrato de Emprego e Inserção, constituindo desta forma vínculos precários”.
“Perante o novo quadro legislativo e consciente que se tornava fundamental estabilizar o mapa de pessoal e assegurar a estabilidade profissional destes trabalhadores, o Município de Odemira avançou com o procedimento para a regularização dos vínculos precários”, acrescenta a mesma fonte, sublinhando que nesse sentido o Município de Odemira “procedeu à abertura de procedimentos para 13 postos de trabalho”.
“No dia 1 de Outubro assinaram contrato 10 trabalhadores, sendo que dois formalizarão a sua entrada no mapa de pessoal mais tarde e um dos candidatos prescindiu do contrato”, continua a autarquia, explicando que os trabalhadores em questão “exercem funções em vários serviços, sendo nove assistentes operacionais e três técnicos superiores”.
Em paralelo, adianta ainda a Câmara de Odemira, um grupo de 23 trabalhadores foi abrangido pelo Regime de Mobilidade Inter-carreiras ou Inter-categorias dentro do mesmo órgão ou serviço. Assim, no Regime de Mobilidade Inter-carreiras “houve um total de 22 trabalhadores que transitaram da carreira de assistente operacional para assistente técnico”, enquanto no âmbito da Mobilidade Inter-categorias “um assistente operacional assumiu a função de encarregado operacional na Divisão de Ambiente”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima