Vereadores PS em Beja acusam João Rocha de “alheamento”

Vereadores PS em Beja acusam

Os vereadores do PS na Câmara de Beja acusam o autarca João Rocha (CDU) de “alheamento” face ao novo projecto industrial da AeroNeo previsto para o aeroporto de Beja.
O acordo entre a ANA e a empresa foi assinado na passada sexta-feira, 31 de Julho, e prevê um investimento de oito milhões de euros na infra-estrutura, podendo criar até 80 postos de trabalho. Ainda assim, o presidente da Câmara de Beja não esteve presente na cerimónia realizada no aeroporto, o que motiva as críticas dos eleitos do PS.
“Como já vem sendo habitual o presidente João Rocha pautou pela ausência num acto público onde a Câmara de Beja só podia estar representada ao mais alto nível”, argumentam os vereadores socialistas.
Satisfeitos com o investimento da AeroNeo no aeroporto de Beja, os eleitos do PS consideram que este comprova que a estratégia de médio e longo-prazo do anterior executivo da Câmara Municipal, liderado por Jorge Pulido Valente, “estava correcta e poderá agora traduzir-se em um benefício directo para a região”.
“Infelizmente, o actual presidente João Rocha não só não deu continuidade a este postura de procura de novas soluções, como mostrou pouco ou nenhum empenho em conseguir e captar investimentos que contribuam em definitivo e de forma sustentada para o processo de desenvolvimento da cidade, do concelho e da região”, acrescentam.
“Prova disso foi o alheamento do executivo da CDU de todo este processo, postura que esperamos não venha a comprometer o futuro deste e de outros projectos estruturantes”, concluem os vereadores do PS.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima