Vereadores do PS criticam orçamento da CM Beja para 2015

Vereadores do PS criticam

Os vereadores eleitos pelo Partido Socialista na Câmara de Beja votaram contra o Orçamento e Grandes Opções do Plano (GOP) da autarquia para o próximo ano de 2015.
Em comunicado, os eleitos do PS justificam o voto contra com o facto da área do desenvolvimento e coesão social “terem sido completamente esquecidas”, o que não permite “fazer face aos graves problemas existentes no concelho, designadamente na área da habitação, do emprego, da deficiência e da terceira idade”.
Os socialistas alegam ainda que o orçamento da Câmara de Beja em 2015 continua a apresentar “um enorme saco azul com mais de três milhões de euros, cujo destino não está devidamente identificado, não havendo, por isso, transparência nem rigor e não sendo também possível fazer um acompanhamento da sua execução”.
Além do mais, “nenhuma entidade das áreas sociais, culturais ou desportivas, ficará a saber da leitura dos documentos quais as verbas com que vai poder contar para as suas actividades”, acrescentam os vereadores do PS, para quem esta é uma estratégia da maioria CDU para “‘encher o olho’ e enganar os munícipes”.
“As receitas estão largamente empoladas e as acções estão financeiramente sem verbas suficientes, o que demostra a intenção de camuflar que a maior parte destas acções não serão executadas”, argumentam.
Os vereadores do PS criticam igualmente o facto de alguns dos principais projectos estratégicos estruturantes que estavam em curso terem sido “totalmente abandonados”, assim como a recusa do executivo comunista em diminuir a carga fiscal sobre os munícipes quando a Câmara viu “aumentadas as suas receitas em mais de dois milhões de euros, provenientes do Orçamento de Estado e do IMI”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima