Valorização do barranquenho debatida no Parlamento

O projeto de lei que visa a proteção e valorização do barranquenho, apresentado pelos deputados eleitos por Beja, Pedro do Carmo e Telma Guerreiro, vai ser debatido no Parlamento nesta quarta-feira, 15, na primeira reunião da terceira sessão da atual legislatura.

Segundo adianta Pedro do Carmo ao “CA”, o projeto do PS defende que o barranquenho “seja protegido e valorizado como expressão da diversidade cultural de Portugal, marca da identidade de uma comunidade”.

Nesse sentido, o projeto de lei apresentado “sustenta que o Estado português deve reconhecer o direito a cultivar e promover o barranquenho, enquanto património cultural imaterial, instrumento de comunicação e de reforço de identidade da população de Barrancos, reconhecendo ainda o direito à aprendizagem do barranquenho, nos termos a regulamentar, em articulação com a autarquia local e o agrupamento de escolas”, acrescenta o deputado baixo-alentejano.

Pedro do Carmo frisa ainda que “dar voz ao Baixo Alentejo é também contribuir para que a diversidade e singularidade da realidade das comunidades e dos territórios possam perdurar no tempo”.

“Só uma comunidade que preserva o passado pode ambicionar ter o futuro em modo pleno”, conclui.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima