Uvas alentejanas à “conquista” da China

Uvas alentejanas à

De Ferreira do Alentejo para Pequim! Depois de uma primeira remessa no final de 2012, a Herdade Vale da Rosa voltou a exportar para o gigantesco mercado chinês.
Ao todo, foram enviadas há duas semanas cerca de 15 toneladas de uvas de mesa para um distribuidor do “gigante” asiático, naquilo que foi uma pequena amostra para o maior mercado do mundo mas que pode abrir portas a novos negócios ao produtor baixo-alentejano.
“Sem dúvida nenhuma que esta é uma grande janela de oportunidade, pois a China é um mercado muito importante e os grandes exportadores do hemisfério Sul estão a exportar basicamente para a China. E temos que estar muito atentos, na medida em que a China – e todo o mercado asiático – tem muito futuro”, adianta ao “CA” o empresário António Silvestre Ferreira.
Por isso mesmo, continua o administrador da herdade de Ferreira do Alentejo, as uvas Vale da Rosa vão também chegar em breve ao Vietname.
“E há outros países dessa região do mundo muito interessados nas nossas uvas. Estamos a estudar todas as oportunidades”, acrescenta Silvestre Ferreira.
A chegada ao mercado chinês e vietnamita deverá permitir à Herdade Vale da Rosa manter em 2013 os mesmos níveis de exportações registados no último, representando cerca de 35% da sua produção total.
A Europa continua a ser a principal “consumidora” das uvas baixo-alentejanas, nomeadamente os mercados nórdicos e países como a Inglaterra, Alemanha, Bélgica e Holanda, assim como Angola e Brasil.
Para o mercado nacional destinam-se os restantes 65% da produção da herdade de Ferreira do Alentejo, que este ano juntou às grandes cadeias de distribuição um novo cliente: a rede de restaurantes da McDonald’s.
“Eles não estão a vender uvas, estão a vender uvas Vale da Rosa, com o nosso logotipo nas embalagens. E isso, naturalmente, que nos orgulha muito e dá-nos uma imagem acrescida”, sublinha António Silvestre Ferreira, admitindo a possibilidade desta parceria ser alargada a outros países onde a marca norte-americana também está instalada. “Já ouvi dizer que existe esse pensamento, vamos ver”, refere.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima