Urgências de Castro Verde vão ser ampliadas até ao Verão

Urgências de Castro Verde

A sala de espera do Serviço de Urgência Básico (SUB) de Castro Verde vai ser requalificada e ampliada, numa intervenção que estará concluída durante o próximo Verão.
A garantia foi dada esta segunda-feira, 2, pela presidente do conselho de administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), Margarida Silveira, durante a visita do deputado socialista Luís Pita Ameixa à SUB.
“O projecto, neste momento, está finalizado e, em princípio, vamos agora fazer a tramitação administrativa de lançamento de concurso e contamos que rapidamente o adjudiquemos. É uma obra breve e esperamos que dentro de cinco meses isto já esteja a funcionar”, revelou Margarida Silveira ao “CA”.
De acordo com a presidente da administração da ULSBA, o projecto elaborado pelos serviços técnicos da Câmara de Castro Verde prevê a ampliação do espaço da sala de espera de oito para 30 pessoas sentadas, num investimento avaliado “entre 30 a 40 mil euros”.
“A solução que foi apresentada em termos de construção civil parece ser relativamente simples de fazer, pouco onerosa e esperamos que haja uma resolução desta obra de uma forma rápida e eficaz”, sublinhou ao “CA”, no final da visita, o deputado do PS.
Para Luís Pita Ameixa, a falta de espaço da sala de espera do SUB de Castro Verde era um problema “que estava identificado há bastante tempo e que não tinha tido ainda uma resposta eficaz”.
“A chamada de atenção que o PS de Castro Verde fez agitar um pouco as águas, permitindo que se viesse a encontrar uma solução e o compromisso de a executar a breve trecho”, acrescentou.
“O PS teve oportunidade de denunciar publicamente [esta situação] e de exigir tão rapidamente quanto possível uma resolução. Há um compromisso da administração da ULSBA, esperemos que seja de facto para cumprir”, disse por seu lado António José Brito, vereador da Câmara de Castro Verde, que também acompanhou a visita.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima