ULSBA justifica falta de médicos em Almodôvar

ULSBA justifica falta

A administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) reconhece a falta de médicos em Almodôvar, mas garante que tudo tem feito para suprir o problema.
Esta justificação surge depois do autarca almodovarense, António Bota, ter vindo a público, na passada quinta-feira, 17, denunciar a falta de médicos no concelho, acusando a ULSBA de ainda não ter cumprido “o compromisso” estabelecido com a Câmara Municipal, no sentido de contratar os médicos que fazem falta em Almodôvar.
Na resposta, a ULSBA garante que a falta de médicos no Centro de Saúde de Almodôvar é uma preocupação “há muito partilhada” pelo seu conselho de administração, afiançando não ser verdade que nada esteja a ser feito para se resolver o problema.
“Tal como sabe o senhor presidente da Câmara Municipal de Almodôvar, tal não é verdade, porquanto a decisão de solicitar à tutela a contratação de dois médicos para esse Centro de Saúde foi efectuada, assim que a documentação necessária foi apresentada”, explica a administração da ULSBA em comunicado.
No mesmo documento, os responsáveis pela ULSBA lembram ainda que existe “uma tutela e regras definidas para contratação de pessoal”, sendo que “por muito desejo que tenha de contratação imediata de profissionais médicos, de modo a não deixar utentes a descoberto, tem que, previamente, ter autorização superior para que tal se efectue”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima