Ucasul critica deputada do PSD

Ucasul critica

A direcção da Ucasul, cooperativa propeitária da fábrica de bagaço de azeitona em Alvito, veio a público manifestar o seu “total repúdio e condenação” pelas recentes declarações da deputada do PSD por Beja, que em audição parlamentar com o ministro do Ambiente evocou a fábrica de Alvito “como foco de perigo para a saúde pública”.
Em comunicado, os responsáveis pela Ucasaul-União de Cooperativas Agrícolas afirmam que “as mentiras utilizadas pela senhora deputada” Nilza de Sena, “que nunca esteve na fábrica da Ucasul, são elas sim, uma fonte inaceitável de poluição da opinião pública, e demonstram bem a sua forma de fazer política partidária”.
De acordo com a direcção da Ucasul, a cooperativa “tem investido milhões de euros na sustentabilidade ambiental da sua actividade e está quase a tornar-se na primeira empresa do sector ibérico com eliminação total de efluentes líquidos e emissões gasosas”.
Os mesmos responsáveis acrescentam ainda que a Associação de Moradores de Fortes “pode, melhor que a senhora deputada, testemunhar a realidade da Ucasul, a transparência e empenho que sempre temos tido presente na busca de uma solução definitiva, confortável para todos”.
“As várias reuniões e visitas á nossa fábrica de Alvito, por aquela associação, demonstram o nosso total empenho, num diálogo sério que possa ajudar a concretizar os objectivos que todos nos propomos”, vinca a direcção da Ucasul.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima