Trabalhadores da ADB na CIMBAL, mas mapa de pessoal foi chumbado (ACT.)

Trabalhadores da ADB na CIMBAL

A Assembleia Intermunicipal da CIMBAL chumbou a revisão do mapa de pessoal da instituição, que já integrava os trabalhadores provenientes da Assembleia Distrital de Beja.
A decisão foi tomada esta quarta-feira, 18, em sessão da Assembleia Municipal da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo, com os 16 eleitos do PS a votarem contra os novos Orçamento e Plano de Actividades, Mapa de Pessoal e Regulamento Interno e de Serviços da CIMBAL.
Os documentos, que receberam o voto favorável dos 13 eleitos da CDU na Assembleia Intermunicipal, foram colocados à votação depois do Conselho Intermunicipal da CIMBAL, onde a CDU tem maioria, ter previamente retirado da ordem de trabalho da sessão a discussão e votação da proposta de integração da universalidade do património da Assembleia Distrital – onde se incluem os trabalhadores e bens imóveis como o Museu Regional Rainha D. Leonor.
Na base desta decisão está o facto do presidente do Conselho Intermunicipal, o autarca bejense João Rocha, entender que a aprovação desta medida é uma competência exclusiva deste órgão, não necessitando de ser aprovada em sede de Assembleia Intermunicipal.
Na prática, o desfecho da sessão de quarta-feira à noite faz com que, de momento, os trabalhadores e o património da Assembleia Distrital estejam de facto integrados na CIMBAL, sem que o orçamento da instituição tenha sido revisto em função desta nova realidade e os trabalhadores integrados no mapa de pessoal.
Toda esta situação tem por base a extinção da Assembleia Distrital de Beja, decidida pelo actual Governo, sendo que o PS do Baixo Alentejo defende que deve ser estabelecido um plano concreto que permita a passagem dos trabalhadores e do património da Assembleia Distrital para a Câmara de Beja até 2017.
Já a CDU pretende que, “para já”, a universalidade dos bens da Assembleia Distrital seja integrada no seio da CIMBAL.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima