Somincor e sindicato reúnem em Neves-Corvo

Somincor e sindicato

A administração da Somincor e representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM) reúnem esta quarta-feira, 13, em Neves-Corvo. Sobre a mesa vão estar as pretensões apresentadas recentemente pelos trabalhadores relativamente a horários de trabalho, antecipação da idade da reforma para os trabalhadores da lavaria ou progressão das carreiras.
Recorde-se que na passada semana o STIM veio a público informar que os trabalhadores da mina de Neves-Corvo, em Castro Verde, decidiram em plenário rejeitar a proposta da adminstração para "um horário diário de 10 horas e 42 minutos no fundo da mina".
Durante o plenário foi ainda contestado o facto de os trabalhadores da lavaria estarem no regime de laboração contínua "há mais de 30 anos” e terem “direitos inferiores aos trabalhadores do fundo da mina", assim como a “redução drástica dos montantes dos prémios e o congelamento das progressões na carreira" de todos os trabalhadores da empresa.
São estas questões que o STIM espera ver resolvidas com a reunião desta quarta-feira. Caso contrário, o sindicato admite a possibilidade de greve na mina.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima