Saneamento básico é prioridade de Jorge Rosa

Saneamento básico é

A instalação de redes de saneamento básico em três localidades de Mértola é a maior prioridade assumida pelo presidente da Câmara Municipal local para o novo mandato.
Trata-se de obras para "substituir as redes de água precárias" que existem e "servem mal" as populações e construir redes de esgotos em Martinhanes, Alcaria Longa e João Serra, diz o socialista Jorge Rosa, que nas últimas autárquicas foi reeleito para um segundo mandato consecutivo.
Segundo o autarca, a Câmara de Mértola vai arrancar em breve com as obras em Martinhanes, num investimento de 1,1 milhões de euros, e já está a preparar a empreitada de Alcaria Longa, orçada em 800 mil euros, e a de João Serra, de 900 mil euros.
"Continuar a infra-estruturar localidades do concelho que são deficitárias em áreas como o saneamento básico e arruamentos é uma prioridade" do executivo camarário de Mértola, afirma.
Neste sentido, o Município está também a iniciar obras de arruamentos nas localidades de Corte Gafo de Cima e Moreanes e a preparar mais dois processos para lançar outras duas obras do género em São Miguel do Pinheiro e São João dos Caldeireiros, indica.
No entanto, frisa, o arranque das obras vai depender de co-financiamento comunitário, porque a Câmara de Mértola "não tem fundos próprios para as realizar e tem de contar com apoios comunitários".
A Câmara de Mértola já lançou, por outro lado, o concurso da obra para criação de 47 lotes para habitação na Mina de São Domingos, num investimento de 700 mil euros que também é "prioritário", porque "há muitos interessados em adquirir lotes" para construção de novas habitações, diz o autarca.
A reparação da ponte sobre a ribeira de Oeiras, orçada em 800 mil euros e que deverá avançar em 2014, a remodelação do Centro Escolar de Mina de São Domingos, num investimento de 350 mil euros, a criação de um centro ocupacional para deficientes em Mértola, em parceria com a Cercibeja, num investimento de 100 mil euros, são outras das prioridades do executivo camarário.
Segundo Jorge Rosa, a autarquia também tem dois projectos para "dinamizar e apoiar a actividade económica privada", os quais considera prioritários e "espera conseguir lançar ainda neste mandato".
Trata-se da construção do espaço ExpoMértola, para realização de feiras, exposições e concertos, num investimento de 1,4 milhão de euros, e da construção da nova zona industrial e logística de Mértola, orçada em mais de três milhões de euros, precisa.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima