Saberes de idosos de Aljustrel reunidos em livro

Saberes de idosos de

O saber não ocupa lugar e foi por isso que a Santa Casa da Misericórdia de Aljustrel (SCMA) lançou, no final do passado ano de 2016, o livro (Com)Sentimentos.
Uma obra simples, “escrita” a várias mãos pelos utentes do lar de idosos e do centro dia da instituição e que pretende ensinar, avivar memórias e, sobretudo, mostrar que não importa o que cada um sabe, que idade tem, onde vive, que “bagagem” carrega ou que esteja doente.
“De forma genuína e interessada, os nossos idosos ‘olharam’ para dentro de si e as sensações e emoções sentidas em alguns momentos das suas vidas foram os catalisadores que avivaram a lembrança de um riquíssimo saber tradicional que lhes foi ensinado por meio da oralidade e que nos foi transmitido da mesma forma”, conta Andreia Maciel, técnica do Serviço Sócio-ocupacional da SCMA.
A ideia de editar o livro (Com)Sentimentos surgiu durante as sessões de estimulação cognitiva desenvolvidas ao longo dos últimos 20 meses junto dos idosos da instituição. Um trabalho que visou valorizar as potencialidades de cada idoso, alguns dos quais com doença de Alzheimer, e que acabou por dar frutos bastante saborosos.
“Este projecto tornou horas de insónias menos dolorosas, pois [os idosos] ultrapassaram tais momentos a exercitar a sua memória, ‘viajando’ ao seu passado e relembrando quadras, poemas, dizeres populares e modas que costumavam cantar nas longas caminhadas a pé para a monda ou ceifa”, sublinha Andreia Maciel, que dinamizou as sessões.
O livro teve uma edição de 200 exemplares, custando cada um 10 euros. A obra está à venda nas instalações sede e no lar da SCMA, sendo que a receita angariada servirá para o grupo coral de utentes da Misericórdia de Aljustrel gravar um disco.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima