Restaurantes de Beja sem pagamentos por multibanco esta terça-feira

Restaurantes de Beja sem pagamentos por multibanco esta terça-feira

Grande parte dos restaurantes da cidade de Beja vai impedir os seus clientes de utilizarem esta terça-feira, 25, os terminais de pagamento automático (TPA).
A iniciativa de protesto vai decorrer no âmbito do “Dia Nacional sem TPA na Restauração”, promovido pelo Movimento Empresarial Restauração, e visa contestar as elevadas taxas e comissões pagas pelos restaurantes à Unicre, empresa financeira ligada à aceitação de pagamentos em lojas e serviços para outras instituições.
“Somos o segundo país da Europa que mais comissões paga. A Unicre, por ano, só na restauração, cobra entre 85/90 milhões euros. Só de IVA e comissões de TPA pagamos 25% da facturação do restaurante. Por estas e outras situações escandalosas é que não temos futuro. O sector da restauração está unido nesta luta”, sublinha a direcção do movimento no seu sítio oficial na Internet.
Em Beja são muitos os restaurantes que vão participar na iniciativa, sendo de esperar uma adesão entre 70 a 90% dos empresários da restauração.
“Vou aderir para ver se conseguimos baixar um bocadinho a taxa do multibanco, que é uma coisa exorbitante! Pagamos a taxa do multibanco, a chamada telefónica e uma mensalidade. Paga-se muito”, explica ao “CA” António Fialho, de 40 anos, proprietário do restaurante “A Lareira” e um dos empresários aderentes à iniciativa.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima