Resialentejo recolheu mais resíduos em 2017

Resialentejo recolheu mais resíduos em 2017

A empresa intermunicipal Resialentejo registou em 2017 um aumento na quantidade de resíduos recicláveis depositados nos ecopontos que tem nos oito concelhos da sua área de acção. Fonte da empresa adianta ao “CA” que no papel e cartão foram recolhidas 1.587 toneladas, o que representou “um acréscimo de 5,7% relativamente ao ano anterior”.
No vidro, com a recolha de 1.128 toneladas, houve um aumento de dois por cento face a igual período do ano anterior. E no plástico e metal foram recolhidas 1.190 toneladas, mais 11% que em 2016.
“É este caminho que se deve continuar a procurar, em conjunto com os oito municípios que compõem o sistema, para melhor utilização dos nossos recursos e garantindo uma maior sustentabilidade”, sublinha a empresa em comunicado.
A Resialentejo é uma empresa intermunicipal para o tratamento e valorização de resíduos. Dela fazem parte as câmaras de Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura, Ourique e Serpa.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima