Recuperação ambiental do Lousal concluída em 2015

Recuperação ambiental

O ministro do Ambiente anunciou esta quarta-feira, 16, que a recuperação ambiental da antiga mina do Lousal, no concelho de Grândola, deverá estar concluída em meados de 2015, após um investimento global de 6,5 milhões de euros.
A segunda fase do projecto, no valor aproximado de dois milhões de euros, vai arrancar em breve e “terá um período de concretização de cerca de um ano”, disse à Agência Lusa o ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva, no final de uma visita à antiga área mineira.
“Congratulo-me com o trabalho que aqui vi realizado e com as novas actividades que estão previstas até meados do próximo ano e que permitirão dizer, de uma vez por todas, que, durante o ano de 2015, o passivo ambiental do Lousal está definitivamente resolvido”, afirmou o governante social-democrata.
Segundo informações fornecidas pela Empresa de Desenvolvimento Mineiro (EDM), responsável pela recuperação ambiental de zonas degradadas por antigas explorações mineiras, a primeira fase de intervenção no Lousal visou a selagem de poços e de galerias, bem como a criação de infraestruturas necessárias à descontaminação dos solos e das águas, sendo a segunda fase uma continuação desse trabalho.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima