Rastreio do cancro do cólon e do recto na região

Rastreio do cancro do

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo divulgou que está a decorrer na região um rastreio do cancro do cólon e do recto, sendo a participação dos habitantes “da maior importância”.
A doença, explicou o organismo, atinge mulheres e homens de forma mais marcada após os 50 anos e tem uma evolução muito lenta, pelo que, se for realizado um diagnóstico muito precoce, as condições de tratamento e cura são muito boas.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima