PSD de Almodôvar critica reorganização dos serviços da Câmara

PSD de Almodôvar critica

A Concelhia de Almodôvar do PSD faz duras críticas ao novo Regulamento de Organização dos Serviços Municipais da autarquia local, liderada pelo PS.
Em comunicado, os sociais-democratas almodovarenses consideram ser legítimo que o executivo organize os serviços municipais “de acordo com os seus critérios e princípios de gestão”, mas lamentam que o despacho 2784/ 2015, publicado em Diário da República no passado dia 17 de Março, faça “do boletim oficial de publicações do país um instrumento de propaganda política, pondo em causa mais uma vez o prestígio da autarquia”.
“Nunca se tinha visto até hoje um responsável político usar o seu programa eleitoral no Diário da República, para fugir às suas responsabilidades enquanto gestor da coisa pública”, acusa o PSD de Almodôvar, criticando o facto de António Bota ter descrito a autarquia “como uma estrutura organizativa que apresenta disfunções”, mas sem as indicar ou “dizer o que fazer para as corrigir”.
Ao nível do mapa de quadro de pessoal para 2015, o PSD de Almodôvar considera “altamente redutor os critérios de áreas académicas enquadráveis para as chefias de divisão, designadamente área administrativa e financeira e na área de intervenção social, educação, desporto e juventude, desrespeitando claramente o princípio constitucional da igualdade de oportunidades”.
Tudo isto leva a Concelhia laranja a recomendar ao executivo “um maior poder de abertura e de coordenação nas medidas a implementar, com mais transparência e maior abrangência nas escolhas”, além de exigir “uma maior consideração pelos munícipes e por todos os funcionários da autarquia”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima