PS propõe menos IMI em Castro Verde

PS propõe menos

O vereador do PS na Câmara de Castro Verde apresentou uma proposta à maioria da CDU para que o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) seja reduzido no ano de 2016.
A recomendação (que deverá ser discutida em breve na autarquia), foi apresentada por António José Brito na última reunião da Câmara Municipal, no passado dia 14 de Outubro.
“Não há espaço para a CDU dizer não à nossa proposta. Como é que a maioria na Câmara vai explicar que recusa baixar o IMI às famílias do nosso concelho num momento de dificuldades e de tão forte peso dos impostos”, questiona António José Brito.
Refira-se que as autarquias locais têm a possibilidade de reduzir o valor do IMI em função do número de dependentes dos agregado familiar do proprietário da habitação.
Deste modo, as reduções são até 10% (famílias com um dependente), 15% (famílias com dois dependentes) e 20% (famílias com três ou mais dependentes).
“Na nossa óptica, na linha do que temos defendido com outras propostas, consideramos muito importante que a Câmara, tendo esta possibilidade, não deixe de manifestar sensibilidade social e, desse modo, contribuir para a redução da violenta carga fiscal a que os castrenses estão sujeitos”, explica António José Brito.
O vereador do PS revela ainda que, quando confrontada com a proposta formal do PS, a maioria da CDU “comprometeu-se a agendar para breve a sua discussão”.
“Temos uma boa expectativa que não irão recusar a nossa proposta só por ser uma proposta do PS”, assinala.
Vale a pena sublinhar que a decisão da Câmara Municipal obriga, depois, a uma deliberação no mesmo sentido em sede de Assembleia Municipal.
Após essa decisão, o Município comunica-a à Autoridade Tributária, informação que tem de ser prestada até ao próximo dia 30 de Novembro.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima