PS preocupado com declarações de ministra da Agricultura sobre Alqueva

PS preocupado com declarações de ministra da Agricultura sobre Alqueva

A Federação do Baixo Alentejo (FBA) do PS ficou preocupada com as declarações que a ministra da Agricultura fez esta quarta-feira, 27, na Comissão Parlamentar de Agricultura e Mar sobre o desenvolvimento do projecto de Alqueva.
No Parlamento, Assunção Cristas admitiu a possibilidade de não se concluir "o investimento no projecto do Alqueva até ao final do ano de 2013" dadas as dificuldades económicas do país, declaração que causa nos socialistas baixo-alentejanos "a maior preocupação".
Em comunicado, a FBA recorda que a barragem foi inaugurada em 2002 pelo primeiro-ministro socialista António Guterres e que o último Governo do PS "deu sempre a máxima prioridade" ao projecto, tendo mesmo José Sócrates garantido, na última edição da Ovibeja, em Maio, "que o calendário de conclusão do Alqueva" até 2013 "seria cumprido", dado a obra ter ficado "excluída das restrições constantes do memorando assinado com a ‘troika’ quanto ao financiamento do país".
"Neste caso, claramente, o Governo PSD-CDS não se pode desculpar com a ‘troika’", argumenta o comunicado da FBA do PS, que não encontra justificação para a posição da ministra que integra o executivo liderado por Passos Coelho "contra o desenvolvimento normal do projecto em curso, a não ser que se pretenda cortar no financiamento do Alqueva para financiar outros projectos noutras regiões ou sectores".
Entretanto, os Deputados do PS irão deslocar-se na terça-feira, 2 de Agosto, pelas 11h30, à EDIA, onde reunirão com a administração e anunciarão "as iniciativas que irão lançar em defesa do Alqueva".

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima