PS lamenta degradação dos serviços da CM Serpa

PS lamenta degradação

O PS lamenta a degradação dos serviços públicos da Câmara de Serpa e está preocupado com a actual situação financeira da autarquia liderada por Tomé Pires (CDU).
As preocupações foram levantadas na passada sexta-feira, 16, durante a última reunião da Comissão Política da Concelhia de Serpa do PS, onde foi abordada a situação do concelho.
Em comunicado enviado ao “CA”, os socialistas afirmam “que tem havido uma degradação no atendimento ao público e também de alguns serviços [da Câmara Municipal], de que é exemplo a recolha de lixo”.
Ao mesmo tempo, a Concelhia do PS critica a maioria CDU na autarquia pela “incapacidade” manifestada “para fazer uma gestão adequada da dívida”, o que tem provocado “um aumento preocupante das dívidas a curto prazo, num contexto de degradação financeira do Município em termos gerais”.
Bastante críticos, os socialistas consideram ainda “haver uma estranha conivência” entre CDU e PSD no concelho, “designadamente na forma pouco empenhada como têm sido defendidos os serviços públicos do Estado, como a repartição de Finanças, a transferência da gestão do Hospital de São Paulo para a Misericórdia ou os CTT”.
A actividade económica também não ficou de fora da análise do PS de Serpa, que considera que o executivo liderado por Tomé Pires “não está a aproveitar as potencialidades do concelho nem a ter capacidade mobilizadora dos agentes económicos e empresariais, sendo um exemplo flagrante as inúmeras deficiências que ainda têm as zonas de actividade industrial”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima