PS juntou autarcas do Baixo Alentejo em Serpa

O presidente da Federação do Baixo Alentejo (FBA) do PS defendeu neste sábado, 3, que a região “produz e gera riqueza para o todo nacional” e, por isso mesmo, merece “mais e melhor reconhecimento pela sua evolução”.
Na sua intervenção final na Convenção de Autarcas do PS, que decorreu em Serpa, Nelson Brito afirmou que o Baixo Alentejo é uma região que “produz e gera riqueza para o todo nacional, ainda que, a distribuição dessa riqueza pela população do Baixo Alentejo não esteja a ser feita na justa medida em que deveria acontecer”.
Nesse sentido, continuou o líder socialista, o Baixo Alentejo merece “mais e melhor reconhecimento pela sua evolução e é uma justa expectativa que a concretização do Plano de Recuperação e Resiliência seja uma oportunidade para atenuar injustiças flagrantes ao nível da coesão económica, social e territorial”.
Na opinião do presidente da FBA do PS, o novo “paradigma de desenvolvimento regional” deve centrar-se, “principalmente, nas pessoas e não, unicamente, nas infra-estruturas”, sendo que o novo desígnio regional deverá ser “travar a sangria demográfica e iniciar um processo de crescimento e qualificação populacional”.
Nelson Brito deixou ainda a garantia que os autarcas da região encontrarão “sempre” na Federação “um parceiro disponível para motivar a participação alargada, garantido as indispensáveis vontades em defesa do Baixo Alentejo”.
“Porque melhores autarquias geram melhor democracia e, logo, melhores cidadãos e um país melhor”, concluiu Nelson Brito.
Recorde-se que a Convenção de Autarcas do PS juntou em Serpa os eleitos socialistas nas câmaras, assembleias municipais e juntas de freguesia da região.
Temas como o Plano de Recuperação e Resiliência, a modernização da administração pública ou a promoção da dinâmica territorial estiveram em discussão, numa iniciativa onde marcaram presença os secretários de Estado do Planeamento e da Descentralização e da Administração Local, José Gomes Mendes e Jorge Botelho, respectivamente, além de António Ceia da Silva e Aníbal Reis Costa, candidatos a presidente e a vice-presidente da CCDR do Alentejo apoiados pelo PS.
A abertura do encontro ficou a cargo de Vítor Besugo (presidente da Junta de Freguesia de Beringel e coordenador distrital da ANAFRE) e de Paula Pais (presidente da Concelhia de Serpa do PS), tendo os painéis sido moderados pelos presidentes das câmaras de Mértola (Jorge Rosa), Odemira (José Alberto Guerreiro) e Almodôvar (António Bota), ficando as conclusões finais a cargo de António José Brito, presidente da Câmara de Castro Verde.
No encerramento da convenção esteve Maria da Luz Rosinha, secretária nacional do PS para as Autarquias Locais, assim como Nelson Brito, presidente da FBA do PS.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima