PS do Baixo Alentejo defende valorização do aeroporto de Beja

A Federação do Baixo Alentejo do PS vai reivindicar, junto do Governo, a criação de uma empresa de desenvolvimento do projeto industrial e logístico do aeroporto de Beja.

Em comunicado, os socialistas defendem que esta nova empresa irá viabilizar “a instalação de empresas” e a “dinamização económica” da infraestrutura, afirmando “uma estratégia sustentável para as próximas décadas” e reforçando “a posição da ANA – Aeroportos de Portugal na gestão e valorização da componente de passageiros”.

“Esta solução é urgente e necessária para dar forma e força ao aeroporto de Beja no fortalecimento da competitividade económica regional e nacional e em relação à qual o PS Baixo Alentejo se compromete a intervir junto do Governo na execução desta solução”, acrescentam.

Segundo o PS do Baixo Alentejo, o aeroporto de Beja “constitui-se como um dos principais fatores de desenvolvimento” da região, “contribuindo, em toda a sua dimensão e nas suas principais valências, como instrumento capaz de dinamizar respostas de coesão do território, de criação de emprego, de instalação de empresas multinacionais e de promoção e valorização externa”.

PS do Baixo Alentejo vai reivindicar, junto do Governo, a criação de uma empresa de desenvolvimento do projeto industrial e logístico do aeroporto de Beja.

Na opinião dos socialistas, “passados tantos anos e debatidas muitas soluções de utilização para o aeroporto, é chegado o momento de nos concentrarmos nas suas verdadeiras potencialidades e na sua viabilidade”.

“O aeroporto de Beja deve ser uma infraestrutura aeroportuária, que reforce a rede nacional de aeroportos, criando uma nova mais valia para Portugal e para o Baixo Alentejo, a partir de uma solução de fins múltiplos de indústria aeronáutica, de plataforma logística e de tráfego de passageiros complementar a Faro e a Lisboa”, advogam.

Para o PS do Baixo Alentejo, “esta solução acrescenta valor inquestionável à região e reforça a capitalização humana e territorial”.

Os socialistas frisam ainda acreditar e defender a “viabilidade” e a “potencialidade” do aeroporto de Beja “para a promoção de uma estratégia de desenvolvimento integrado, que traga à região, no seu todo, o reforço da coesão territorial, que gere mais e melhor emprego, que promova a fixação e a atração de população, ajude a criar novas indústrias transformadoras e de logística e, com bastante relevo, consiga unir outras infraestruturas, como o Porto de Sines e o Alqueva, na valorização comercial dos nossos produtos, bens e serviços”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima