PS considera Alqueva “o motor” do Baixo Alentejo

A Federação do Baixo Alentejo do PS considera que Alqueva é “o motor” da região, sendo “um empreendimento estratégico para o desenvolvimento” do Baixo Alentejo, do Alentejo e de Portugal.

No dia em que assinalam 20 anos desde o encerramento das comportas da barragem, os socialistas sublinham, em comunicado enviado ao “CA”, que o Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva (EFMA), “com a marca indelével da governação do PS, já proporcionou 2.427 milhões de euros de investimento no território”.

Além do mais, a barragem “abastece de água 200 mil pessoas e criou 130 mil hectares de regadio”, que se irão expandir, “em breve, em mais 20 mil hectares”.

“Alqueva proporcionou, ainda, a produção de energia elétrica de forma sustentável e a constituição de uma reserva estratégica de água numa época em que as alterações climáticas e a sustentabilidade ambiental são os maiores desafios que se colocam à humanidade”, continua o PS do Baixo Alentejo.

Tudo isto leva os socialistas a classificar o EFMA como o “motor” de um Baixo Alentejo “moderno e com futuro, cada vez mais ligado ao todo nacional, à Europa, ao Atlântico e ao mundo”, em que se concretizam “investimentos privados e públicos reprodutivos, enquadrados num território do sudoeste ibérico com uma história rica, uma cultura única e com potencial de desenvolvimento”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima