PS acusa CDU de falta de transparência na CM Cuba

PS acusa CDU de falta de

A Federação do Baixo Alentejo do PS acusa a maioria da CDU na Câmara de Cuba de “autoritarismo”, “falta de transparência” e “desrespeito pelos legítimos direitos” da oposição. Em causa está o facto de os eleitos socialistas na Assembleia Municipal terem solicitado informação sobre a relação de dívidas do Município, “com os nomes dos credores, os montantes e as datas de constituição da dívida”.
Contudo, acusa o PS em comunicado, a CDU não forneceu a informação solicitada, “algo que consta da informação escrita do presidente da câmara municipal à assembleia municipal na esmagadora maioria dos municípios portugueses”. “Mas em Cuba não”, acrescenta.
Esta situação levou já o PS a solicitar à Comissão de Acesso aos Documentos Administrativos (CADA) o acesso à informação sobre a relação de dívidas municipais existentes em 31 de Dezembro de 2016.
“Não bastando a arrogância anti-democrática e desprovida de transparência de não corresponder à solicitação dos eleitos municipais que, nos termos da lei, fiscalização a acção do executivo, a CDU teve o desplante de enviar à CADA um documento parcialmente rasurado em que é impossível constatar quem são os devedores em atraso em montantes superiores a 150 mil euros”, adianta o PS.
Tudo isto leva os socialistas a concluir que da CDU na Cuba “já nada espanta”. “Nem a arrogância nem a falta de transparência, nem a falta de rasgo para futuro nem o respeito básico pelas mais elementares regradas da democracia”, concluem.
Na resposta, e também em comunicado, a Concelhia de Cuba da CDU considera a posição da Federação do PS “incompreensível”, dado tratarem-se de “questões locais”.
Para os comunistas, “este tipo de abordagens e a sua prática podem demonstrar que, na verdade, o PS em Cuba continua amarrado ao seu anterior presidente, Francisco Orelha”, e garante que do actual documento “praticamente todas dívidas solicitadas provêm dos mandatos do Partido Socialista”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima