Projeto “Pelo direito ao vento nos cabelos” em Castro Verde

Os utentes dos dois pólos do Lar Jacinto Faleiro, em Castro Verde, foram os primeiros a experimentar, nesta quinta-feira, 17, os trishaws que em breve serão colocados em funcionamento no concelho, no âmbito do projeto “Pelo direito ao vento nos cabelos”.

O projeto “Pelo Direito ao Vento nos Cabelos – Pedalar sem Idade Castro Verde”, proposto por Cidália Alves Guerreiro, representa um investimento de 39.190 euros e o foi o vencedor da edição de 2020 do “Orçamento Participativo” da Câmara de Castro Verde.

No âmbito da iniciativa, foram adquiridas três trishaws (bicicletas auxiliadas com motor elétrico, com uma cabine com capacidade para duas pessoas e cintos de segurança), que irão circular pelas ruas das localidades do concelho, “proporcionando aos idosos ou pessoas com mobilidade reduzida a oportunidade de usufruir de uma experiência única”.

A iniciativa visa, segundo a autarquia, “promover passeios gratuitos de 30 a 60 minutos em bicicletas, retirando os idosos da solidão das suas casas ou da rotina diária dos lares, levando-os a passear em veículos adaptados para o efeito, com pilotos voluntários treinados”.
Depois dos idosos do Lar Jacinto Faleiro, nesta sexta-feira, 18, será a vez dos utentes dos lares Frei Manoel das Entradas e Seara de Abril (em Santa Bárbara de Padrões) experimentarem os novos trishaws.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima