Projectos de alunos de Odemira premiados

Escola Secundária de Odemira - alunos premiados 2020
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Um projecto sobre a influência de um herbicida na fauna edáfica e outro sobre os escaravelhos bosteiros, ambos de alunos da Escola Secundária Dr. Manuel Candeias Gonçalves, de Odemira, e desenvolvidos nas aulas da professora Paula Canha, foram premiados na 14ª Mostra Nacional de Ciência. A iniciativa foi promovida pela Fundação da Juventude e decorreu no final de Novembro, este ano em formato online devido à pandemia da Covid-19.
O projecto “Influência de um herbicida na fauna edáfica: ensaios de evitamento com Eisenia foetida“, desenvolvido pelos alunos Raquel Pacheco Martins, Timo Kolb e Tomás Fernandes Matos, acabou por receber dois prémios: o Prémio Porto Editora, no valor de 300 euros, e a participação na International Wildlife Research Week, que lhes permitirá uma semana de investigação da vida selvagem nos Alpes suíços.
Segundo Paula Canha, este projecto teve a tutoria de Carla Pinheiro, professora da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, e visou “testar o efeito de um herbicida na sobrevivência e no comportamento de evitamento das minhocas da espécie Eisenia foetida“. Para tal foram utilizados testes normalizados de toxicidade aguda (contacto em papel de filtro) e testes de evitamento em solo.
Já o projecto “Escaravelhos bosteiros – um auxiliar precioso”, realizado por Paulo Alfeirão e André Silva e que teve a tutoria de Fernando Almeida, do Instituo de Conservação da Natureza e das Florestas (e colaborador do “SW”), recebeu uma menção honrosa durante a XIV Mostra Nacional de Ciência.
Neste trabalho, os dois alunos estudaram os escaravelhos bosteiros, que se alimentam de excrementos, enterrando-os, uma vez que estes insectos “têm um importante papel nos eco-sistemas e melhoram as pastagens de gado”.
Para Paula Canha, ambos os projectos destacam-se por lidar “com problemas que preocupam a comunidade local”, casos da “poluição dos solos com fitofármacos” e a “biodiversidade dos solos”.
“Mas enquanto um deles tenta perceber até que ponto os herbicidas estão a matar a fauna útil que vive no solo, o outro preocupa-se em perceber as condições que permitirão o regresso dos escaravelhos bosteiros às pastagens, onde fazem tanta falta. Realmente, se esses escaravelhos não enterrarem os excrementos dos animais, as pastagens perdem área, o agricultor perde rentabilidade. No fundo, ambos tratam dos serviços dos eco-sistemas, ou seja, do trabalho que a natureza faz para nós, humanos, de forma silenciosa, mas eficaz”, sustenta Paula Canha.
Estas duas distinções na XIV Mostra Nacional de Ciência, em que participaram 54 projectos em diversas áreas de estudo, juntam-se às muitas outras já granjeadas por alunos da Escola Secundária de Odemira, o que na opinião de Paula Canha tem a grande mais-valia de incutir “confiança aos alunos mais novos”.
“Eles pensam: ‘se os meus colegas, com os quais me identifico, conseguiram fazer um projecto de investigação com tanta qualidade, se calhar eu também consigo'”, diz a docente.
Segundo Paula Canha, o desenvolvimento deste tipo de projectos nas aulas “dão aos alunos oportunidade de, mais do que aprender conteúdos, desenvolver competências a diferentes níveis”, nomeadamente “aprender a aprender, desenvolver competências para uma aprendizagem autónoma, eficaz e segura, com respeito pelos direitos de autor e pela propriedade intelectual”.
Estes projectos permitem igualmente o “treino da comunicação, de forma rigorosa e correcta, adaptando o discurso ao interlocutor e usando diferentes estratégias consoante o objetivo da comunicação”, assim como “aprender a trabalhar em equipa, gerindo conflitos e aproveitando as diferenças como mais-valias” e o “treino do método científico e do trabalho laboratorial e de campo”, conclui a professora.

Opinião

Carlos Pinto

1 de Abril, 2021

O elogio da agricultura

Vitor Encarnação

1 de Abril, 2021

Na minha estante

José Francisco Encarnação

22 de Março, 2021

Opções

Carlos Pinto

19 de Março, 2021

Um problema de futuro!

Napoleão Mira

19 de Março, 2021

De olhos em bico II

Vitor Encarnação

5 de Março, 2021

A porta

Anterior
Seguinte

EM DESTAQUE

ULTIMA HORA

Role para cima