Projecto de 120 milhões para criar parque solar no Rosário

Um grupo português, com capitais nacionais e estrangeiros, pretende investir cerca de 120 milhões de euros na criação de um parque solar na zona norte da freguesia do Rosário, no concelho de Almodôvar, confirmou ao “CA” o presidente da Câmara Municipal.

Segundo adianta António Bota, trata-se de um parque solar “com uma capacidade superior a 300 GW”, que será implementado numa área com cerca de 300 hectares e poderá estar a produzir energia “entre 2023 e 2024”.

O autarca acrescenta que este investimento poderá dinamizar a economia local durante a fase de construção e, após a sua conclusão, “gerar algum grau de empregabilidade no concelho”, com a criação de 15 novos postos de trabalho “para a manutenção e controlo” da infra-estrutura.

Além do mais, continua António Bota, “é um investimento que vai permitir [a Almodôvar] cumprir com aquilo que são as metas governamentais em termos de alterações climáticas”.

Nesse sentido, o autarca garante que a Câmara Municipal está a apoiar a empresa promotora do investimento, para que esta o “consiga implementar no concelho”.

Ainda assim, António Bota reconhece que o projecto tem ainda que ultrapassar alguns obstáculos, nomeadamente o facto de uma parte estar prevista para ser implantada em zona de REN, o que já motivou conversações com as entidades competentes, a começar pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo.

“Estamos convencidos que a presidência da CCDR do Alentejo e o respectivo gabinete técnico farão todos os possíveis para tornar este projecto viável, que é de todo o interesse para o concelho, para a região e para o país. Um aproveitamento eléctrico desta natureza não se pode desperdiçar”, conclui António Bota.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima