Presidente da CM Mértola. “Aposta no setor turístico é o caminho certo”

Mário Tomé 1

O concelho de Mértola recebeu, no passado fim de semana, quase dois milhares de pessoas, no âmbito de uma prova nacional de canoagem e de iniciativas de associações locais e de outros pontos do país.

Um cenário que se vai repetir no domingo, 5, com a realização da prova de trail run “Trilhos de Mértola” e que, na opinião do presidente da Câmara Municipal, Mário Tomé, demonstra a apetência do concelho para este tipo de eventos.

Mértola recebeu no último fim de semana três eventos, que juntaram no concelho mais de 2.000 pessoas e “esgotaram” a sua capacidade hoteleira. Que representa isto para o concelho?

É de extrema importância e é um exemplo como a aposta e a valorização no setor turístico, apoiados nas virtudes do nosso território, é o caminho certo. Vejamos: num fim de semana de fevereiro conseguimos ter a lotação hoteleira completamente preenchida, mesmo com muitos dos atletas a pernoitarem em instalações municipais. É obvio que estas iniciativas, como o Campeonato Nacional de Esperanças I ou os Trilhos de Mértola, têm um forte apoio da Câmara Municipal, mas é um apoio onde o retorno é a dobrar e importantíssimo para o nosso concelho. Por outro lado, também representa a vivacidade das pessoas de Mértola e a sua vontade em fazer acontecer, num sentimento de pertença e brio pelas atividade onde se envolvem. Seja na prova da canoagem, onde a ajuda do Náutico de Mértola foi fundamental, seja nos eventos culturais de convívio ,como o último organizado pelo Motoclube de Mértola, estas iniciativas demonstram um movimento associativo dinâmico, com vida e com a capacidade necessária para, de forma regular e consistente, contribuírem para o desenvolvimento do território.

Por que razão é Mértola tão “apetecível” para este tipo de eventos, que vão desde o lazer ao desporto?

É um ótima pergunta para fazer aos organizadores dos eventos! Mas “brincadeiras à parte”, penso que é a nossa capacidade de saber receber e de, perdoem-me a audácia!, de nos olharem como um território de referência para receber estes eventos. Temos as condições, o clima, as instituições e um tecido empresarial dotado e capacitado para realizar eventos de monta, nacional e internacional, onde nos podemos orgulhar de terem sido realizados em Mértola.

“Temos as condições, o clima, as instituições e um tecido empresarial dotado e capacitado para realizar eventos de monta, nacional e internacional.”

Que impacto têm estas iniciativas na economia local?

É muito significativo. De forma direta, geram receitas nos alojamentos, restauração, no comércio local…Uma importante injeção de dinheiro no economia local numa altura onde a faturação tende a diminuir. Este efeito multiplicador na economia local permite a sustentabilidade da mesma, não ficando reduzida ou limitada aos meses fortes do verão, permitindo combater a sazonalidade ao mesmo tempo que tranquiliza e ajuda a especializar todos os que vivem destas atividades.

Tem a Câmara de Mértola alguma estratégia para afirmar cada vez mais o concelho enquanto território propício para este tipo de iniciativas/ações?

Sim! Os grandes “pilares” passarão sempre pela continua valorização no nosso património histórico, cultural e natural. São estes os desígnios que apresentamos e que refletem o trabalho dos últimos anos. É uma aposta com resultados muito positivos e que esperamos continuar a desenvolver. Simultaneamente, queremos colaborar com todos os atores locais, de forma a capacitar e a elevar ainda mais a experiência de todos aqueles que nos visitam nestes eventos.

Opinião

Carlos Pinto

7 de Junho, 2024

O problema da imigração

Napoleão Mira

7 de Junho, 2024

Mestre Vargas, Um Barbeiro Invulgar

Carlos Pinto

24 de Maio, 2024

Tensão extrema!

Vitor Encarnação

24 de Maio, 2024

Sábado à noite

Carlos Pinto

10 de Maio, 2024

O futuro dos Bombeiros!

Napoleão Mira

10 de Maio, 2024

A Alquimia das Favas

Anterior
Seguinte

EM DESTAQUE

ULTIMA HORA

Role para cima