População carenciada e idosa de Ferreira do Alentejo vai ter transporte social gratuito

População carenciada e idosa de Ferreira do Alentejo vai ter transporte social gratuito

A população carenciada e idosa de Ferreira do Alentejo vai dispor de um serviço de transporte social gratuito, prestado pela autarquia, para "facilitar o acesso" entre as freguesias e localidades rurais e a sede do concelho.
O serviço, que arranca esta terça-feira, 27, pretende "dar resposta às necessidades de transporte" dos carenciados e idosos residentes nas freguesias rurais e que têm "dificuldades" em deslocar-se à sede do concelho, a vila de Ferreira do Alentejo, devido a problemas económicos e de mobilidade, explicou à Agência Lusa o presidente do Município, Aníbal Reis Costa.
Por outro lado, acrescentou, o serviço "Ferreira + Perto" pretende preencher as "lacunas" da rede de transportes públicos colectivos, que "não é suficientemente eficaz", porque a oferta de ligações entre as várias localidades e a sede do concelho é "insuficiente".
Através do transporte social gratuito, criado no âmbito do programa municipal "Ferreira Solidária", a autarquia quer "facilitar o acesso" da população carenciada e idosa à vila de Ferreira do Alentejo para que "fique mais perto" das freguesias e localidades rurais do concelho, sublinhou.
O transporte "Ferreira + Perto" será prestado através de um mini-autocarro de 16 lugares e destina-se a beneficiários do Rendimento Social de Inserção, da Loja Social e do Serviço de Apoio ao Idoso da Câmara de Ferreira do Alentejo.
Segundo o autarca Aníbal Reis Costa, a criação do transporte social "Ferreira + Perto" implicou um investimento de cerca de 40 mil euros, financiado em 85% por fundos comunitários, através do Programa de Desenvolvimento Rural, sendo os restantes 15% financiados pela autarquia.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima