População impede saída de material dos CTT de Ervidel

População impede saída de

Um grupo de populares de Ervidel impediu esta sexta-feira, 19, que funcionários dos CTT removessem material da estação daquela localidade, encerrada desde o mês de Junho.
De acordo com o presidente da Junta de Freguesia local, um “grupo expressivo de populares” concentrou-se junto ao edifício dos CTT em Ervidel e impediu “a continuação dos trabalhos de ‘desmantelamento’ da Estação que se pretende reaberta”.
“Após a interrupção das obras, foi a própria população que uniu esforços e repôs os elementos deteriorados, assim como os restantes rebocos”, acrescenta Manuel Nobre.
O autarca vinca esta foi mais uma acção da administração dos CTT, “que, aparentemente visa eliminar definitivamente qualquer alusão à Estação de Correios de Ervidel e que a população, atenta, prontamente o impediu”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima