Polémica entre Castrense e o técnico David Guerreiro

Polémica entre Castrense

O “divórcio” entre o FC Castrense e o técnico David Guerreiro não foi nada amigável e esteve na origem de uma situação insólita na passada sexta-feira, 16 de Janeiro.
Segundo algumas fontes, o treinador algarvio terá sido interceptado pela GNR de Castro Verde ao princípio da noite, momentos depois de ter estado no Estádio Municipal 25 de Abril, onde alegadamente entrou nos balneários e terá furtado um equipamento.
Em causa está o facto de David Guerreiro reclamar pagamentos em atraso ao clube de Castro Verde, como o próprio admitiu em declarações à Rádio Castrense (Castro Verde).
“Como cumpri até ao último dia e cumpri sempre da melhor maneira possível, acho que o que tenho de direito é para receber”, afirma o treinador, garantindo que o FC Castrense “já se comprometeu” a pagar em Novembro, em Dezembro e em Janeiro “e até agora absolutamente nada”.
Sobre o sucedido no Estádio Municipal na sexta-feira, David Guerreiro frisa que “cada um tem a sua opinião e toda a gente tem o direito de se manifestar”.
“O que aconteceu fica para quem viu e quem quiser opinar sobre está à vontade”, acrescenta.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima