Pedro Paredes desiste de avançar como independente em Alcácer do Sal

Pedro Paredes desiste de avançar

O presidente da Câmara de Alcácer do Sal, Pedro Paredes, eleito pelo PS, anunciou a desistência da sua recandidatura a um terceiro mandato, por um movimento independente, nas próximas autárquicas, alegando dificuldades no processo.
“A lei complica demasiadamente as candidaturas independentes, que na prática são prejudicadas em relação às que são sustentadas pelos partidos. Não conseguimos ultrapassar esses problemas de arranque, pelo que a minha candidatura não avança”, justificou o autarca em resposta escrita à Agência Lusa.
Pedro Paredes anunciara a sua decisão de se recandidatar por um movimento independente no início deste ano, após saber que o PS, partido pelo qual foi eleito nos dois últimos mandatos, não o iria apoiar nas eleições autárquicas deste ano.
Em 2009, o autarca já não teve o apoio da comissão política concelhia socialista de Alcácer do Sal, mas a Federação Distrital de Setúbal e a direcção nacional do partido “impuseram” o seu nome.
Desta vez, todas as instâncias do PS se puseram de acordo para apresentar como candidato à liderança do município alentejano o antigo líder da UGT José Torres Couto, opção criticada por Pedro Paredes.
“O PS fez bem feito nos últimos dois mandatos, ligou-se à terra. E agora desligou-se da terra”, argumentou o autarca em Fevereiro, defendendo que “uma solução interna seria, com certeza, mais bem-vinda” aos munícipes.
O Partido Socialista está à frente do município de Alcácer do Sal desde 2005, ano em que, com Pedro Paredes, terminou com 29 anos de liderança comunista.
O candidato da CDU a Alcácer do Sal é o actual presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Vitor Proença, que, a cumprir o seu terceiro mandato, não se pode recandidatar a esta autarquia, devido à lei de limitação de mandatos.
Além de Torres Couto (PS) e Vítor Proença (CDU), é também conhecido o candidato do PSD à Câmara de Alcácer do Sal, Pedro Goucha, tesoureiro da Junta de Freguesia de Santiago e presidente da concelhia social-democrata.
O executivo municipal é composto por quatro eleitos do PS e três da CDU.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima