PCP de Beja condena manobras da NATO

PCP de Beja condena

Depois do Bloco de Esquerda, agora é a Concelhia de Beja do PCP que vem a público condenar o exercício que a NATO tem vindo a realizar em Beja e outras zonas do país.
Os comunistas bejenses estiveram reunidos para analisar a situação política e social local e nacional, e em comunicado condenam e repudiam a realização das manobras da NATO em Portugal, Espanha e Itália, “das maiores já realizadas por este bloco político-militar de natureza agressiva, responsável por alguns dos maiores crimes e conflitos ocorridos em várias partes do mundo, de que os milhões de refugiados são uma das expressões mais recentes”.
No documento, o PCP de Beja assinala ainda os dois anos do corrente mandato autárquico, destacando “o trabalho desenvolvido pelos eleitos da CDU no município e na freguesias, num esforço permanente para dar resposta aos interesses e necessidades das populações”.
O PCP de Beja revela igualmente que na primeira quinzena de Novembro vai desenvolver acções de contacto e esclarecimento com os trabalhadores e as populações, no âmbito da Jornada Nacional de Propaganda do PCP.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima