PCP critica PSD, CDS e PS por fecho de serviços no Alentejo

PCP critica PSD

O PCP de Évora manifestou-se esta quinta-feira, 24, contra o fecho de serviços públicos no distrito e responsabilizou o Governo PSD/CDS-PP e o anterior executivo PS por estas medidas, com “consequências gravíssimas” para a população.
“Estas medidas terão consequências gravíssimas na vida das populações”, contribuindo “para o seu isolamento”, e “intensificarão a desertificação de muitas vilas e aldeias do distrito”, alertou a estrutura comunista, em comunicado enviado à Agência Lusa.
A Direcção da Organização Regional de Évora (DOREV) do PCP acusou o Governo PSD/CDS-PP de pretender encerrar “mais algumas dezenas de escolas do primeiro ciclo”, depois de, “anteriormente, já ter encerrado dezenas” desses mesmos estabelecimentos de ensino.
Outro dos exemplos a que aludem os comunistas, para ilustrar a política de fecho de serviços públicos, é a área das Finanças, em que o executivo, alegaram, vai encerrar “10 dos 13 serviços” existentes no distrito de Évora.
O actual governo de Passos Coelho, continuaram, “publicou a reorganização hospitalar com consequências gravíssimas para o Alentejo, prepara-se para fazer novos ajustamentos nos serviços de saúde ao nível dos concelhos, fechará o tribunal de Portel e esvazia de competências o tribunal de Arraiolos”.
Já antes da troika, lembrou a DOREV, o então Governo socialista tinha “imposto muitos sacrifícios aos portugueses”, pelo que foi o PS, “que hoje propõe a mudança com sabor a bafio”, que “abriu caminho para a consagração desta política”.
“Este conjunto de medidas agora anunciadas pelo Governo PSD/CDS-PP não desresponsabiliza o PS, antes o compromete com as políticas de direita das quais tem sido um fiel executor”, acusou a estrutura comunista.
A DOREV referiu também no comunicado que, em articulação com o Grupo Parlamentar do PCP, decidiu convocar uma audição pública sobre o encerramento de serviços públicos no distrito, ainda sem data.
Os comunistas exortaram ainda a população a intervir nas lutas locais em defesa dos serviços públicos.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima