“Palavras Andarilhas” animam cidade de Beja

“Palavras Andarilhas”

Uma série de “olhares diversos” sobre a arte da palavra dita e impressa em oficinas, tertúlias e conferências são o mote da 15ª edição do festival “Palavras Andarilhas”, que arranca nesta quinta-feira, 23, na cidade de Beja.
A iniciativa é promovida pela Câmara Municipal local, através da Biblioteca José Saramago, e até domingo, 26, transforma Beja na “cidade dos contos”, com a presença de autores e escritores como Viale Moutinho, Eugénio Roda, Rita Taborda Duarte, Ana Saldanha, Ana Pessoa, Miguel Fragata, Maurício Corrêa Leite, Ana Luísa Amaral, Roseana Murray, Alexis Pimienta, Thomas Back ou Margarida Botelho.
O “Palavras Andarilhas 2018” conta ainda com o Festival de Narração Oral "Eu conto para que tu sonhes", os "Encontros da Mouraria", a exposição "Infâncias que nascem do papel" na cave a Biblioteca Municipal e os “Serões de Contos” no Jardim Público.
Diariamente decorrerá ainda o “Mercadinho Andarilho”, que acolherá mais de 15 livreiros e muitos criadores, “sempre com bons pretextos para ver, ler e mercar”, observa fonte municipal.
O festival “Palavras Andarilhas” termina às 18h30 de domingo, 26, com a apresentação de “Natais em Agosto”, uma conversa entre Ana Sofia Paiva e Mariana Lopes sobre o auto de Natal da Trindade.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima