Ovinos e bovinos do Alentejo exportados para Israel

Ovinos e bovinos do Alentejo

Um total de 5.300 ovinos e 600 bovinos vivos criados no Alentejo seguiram nesta terça-feira, 27 de Março, para Israel, através do Porto de Sines, num processo acompanhado pelo deputado do PS eleito por Beja.
“Como parte integrante do processo de valorização dos animais e do bem-estar animal, fiz questão de acompanhar de perto o trabalho dos inspectores veterinários, da Polícia Marítima e de outros organismos fiscalizadores na certificação das condições de transporte do navio e de tratamento dos animais”, adianta ao “CA” Pedro do Carmo.
Para o deputado socialista, este foi um momento muito importante para o Mundo Rural, daí garantir que vai continuar a acompanhar “o trabalho dos empresários e criadores da região” para manter a “capacidade de resiliência do Baixo Alentejo”.
“Vou continuar a lutar pela criação de oportunidades para a defesa da nossa economia local e a prosseguir o caminho do desenvolvimento com qualidade da fileira agro-alimentar da região”, acrescentou.
Recorde-se que em Abril de 2016, então através do Porto de Setúbal, Portugal exportou, pela primeira vez, 500 ovinos vivos oriundos do Baixo Alentejo para Israel, depois de um complexo processo negocial de desburocratização dos mecanismos e de cumprimento das regras impostas por Israel para a exportação de animais vivos.
Trata-se de um mercado internacional que representa um potencial de exportação de 40 a 50 mil ovinos por ano.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima