“Orçamento Participativo” de Odemira com 13 propostas

“Orçamento Participativo”

Já arrancou a fase de votação da edição de 2017 do “Orçamento Participativo” (OP) da Câmara de Odemira, que decorre até 30 de Novembro e conta este ano com um total de 13 propostas a concurso. As propostas vencedoras, no valor máximo de 125 mil euros cada e no montante global de 500 mil euros, serão depois integradas no Orçamento Municipal de 2018.
“O OP de Odemira tem por objectivo potenciar o exercício da cidadania participada, activa e responsável, com vista à melhoria da qualidade de vida no concelho”, adianta ao “CA” fonte da autarquia.
Recorde-se que as propostas incidem em investimentos em equipamentos culturais, desportivos, educativos, turísticos e recreativos, em várias freguesias ou de forma transversal a todo o concelho, sendo que 250 mil euros se destinam a projectos nas freguesias do litoral ou com população superior a 1500 habitantes e outros 250 mil euros para freguesias com população inferior a 1500 habitantes.
Podem votar no OP todos os cidadãos com idades a partir dos 16 anos, residentes, trabalhadores ou estudantes no concelho. A votação pode ser exercida através de duas formas: online (em www.op.cm-odemira.pt) ou presencial no Balcão Único do Município, na mesa de voto itinerante pelas freguesias ou nas escolas do ensino secundário e profissional.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima