OP de Odemira com quatro propostas vencedoras

Câmara de Odemira - OP 2023_vencedores

São quatro as propostas vencedoras na edição de 2023 do Orçamento Participativo (OP) da Câmara de Odemira, naquela que foi a edição “mais participada” ao longo de 13 anos de processo.

As propostas vencedoras prevêem projetos em Vila Nova de Milfontes, Relíquias, São Teotónio e Luzianes-Gare, tendo sido anunciadas no passado dia 29 de novembro, no Quintal da Música, numa cerimónia que contou com a presença do autarca Hélder Guerreiro.

A proposta mais votada, com 802 votos, foi o projeto “Milfontes Acessível” (Vila Nova de Milfontes), avaliado em 75 mil euros e apresentado por Francisco José.

Já a criação de um Espaço Multiusos em Relíquias, proposta por Santiago Palma e Palma Marreiros e avaliada em 75 mil euros, obteve 703 votos.

Por sua vez, o projeto “Uma Escola para Todos!” (São Teotónio), de Marília Silva e avaliado em 63.012,40 euros, foi o terceiro mais votado, com 388 votos.

Finalmente, a quarta proposta mais votada foi a de requalificação do Centro Social de Luzianes-Gare, avaliada em 75 mil euros e apresentada por José Manuel Oliveira, que obteve 364 votos.

Em 2023 o OP de Odemira votou a ter uma dotação total de 300 mil euros, tendo sido registados 3870 votantes, que escolheram entre as 23 propostas candidatas.

Lançado em 2011, o OP “é um instrumento de democracia participativa onde os cidadãos tomam decisões sobre o território, partilhando responsabilidades na sua gestão de acordo com objetivos comuns”, explica a autarquia.

Trata-se do “mais antigo e ininterrupto processo participativo do país”, sendo dinamizado “para potenciar a participação pública, através de fatores positivos e construtivos, baseados em princípios de proximidade, transparência e oportunidade”, acrescenta.

Opinião

Carlos Pinto

16 de Fevereiro, 2024

Saber Andar à frente do tempo

Napoleão Mira

16 de Fevereiro, 2024

E Depois do Adeus…

Vitor Encarnação

2 de Fevereiro, 2024

Adeus

Carlos Pinto

2 de Fevereiro, 2024

Investimento essencial

Carlos Pinto

19 de Janeiro, 2024

Já vemos Luz ao fundo do túnel

Napoleão Mira

19 de Janeiro, 2024

Um Salazar Não Chega

Anterior
Seguinte

EM DESTAQUE

ULTIMA HORA

Role para cima