OP de Odemira 2021 teve quatro vencedores

Quatro propostas de investimento público em Vila Nova de Milfontes, Sabóia, Boavista dos Pinheiros e na zona da albufeira de Santa Clara foram as grandes vencedora da edição deste ano do “Orçamento Participativo” (OP), promovido pela Câmara de Odemira.

A edição de 2021 do OP terminou nesta segunda-feira, 20, com a revelação das propostas vencedoras, numa cerimónia que contou com a presença presidente da Câmara de Odemira, Hélder Guerreiro, e do vice-presidente da autarquia, Ricardo Cardoso, que fez um balanço “mesmo muito positivo” do projeto.

“Foi um processo que, mais uma vez, demonstrou a sua resiliência face à adversidade e que demonstrou que as pessoas em Odemira têm muita vontade em poder participar e fazem-no mesmo na adversidade”, frisou Ricardo Cardoso em declarações ao “SW”.

Em 2021 votaram nas 38 propostas candidata ao OP (13 no OP Municipal e 25 no OP das Freguesias) um total de 3.714 pessoas, sendo o mais votado o projeto “Melhorar a Limpeza das Ruas de Vila Nova de Milfontes”. Proposto por Ana Mafalda Fonseca, o projeto teve 831 votos e visa a aquisição de uma varredora urbana, elétrica, para melhorar a limpeza das ruas de toda a freguesia.

Em segundo lugar, com 348 votos, ficou a proposta “Sabóia Renovada”, de Tânia Neves, que consiste em requalificar uma parte desta aldeia do interior do concelho, desde a entrada Sul até à Extensão de Saúde. O projeto propõe ainda que os estacionamentos sejam reorganizados e que seja criada uma zona pedonal e várias zonas de estar ao longo das ruas Gago Coutinho e 5 de outubro e da Avenida António Manuel Ribeiro.

A criação de um ATL para as crianças em Boavista dos Pinheiros, de Raul cavaco, foi a terceira proposta mais votada, com 155 votos. O projeto prevê que o futuro ATL seja criado no local onde funcionava o anterior jardim de infância, com o arranjo do espaço interior e exterior.

Finalmente, a quarta proposta mais votada, com 78 votos, foi a de revitalização do espaço envolvente da praia fluvial da albufeira de Santa Clara. Esta ideia apresentada por Pedro Silva propõea remodelação do espaço envolvente da praia fluvial com a colocação de solários e passadiços em madeira, por forma a rentabilizaro espaço e torná-lo mais aprazível aos visitantes.

Todos estes projetos serão incluídos no orçamento da Câmara de Odemira para 2022.

Recorde-se que o OP de Odemira em 2021, o mais antigo a funcionar de ininterrupta em Portugal, teve uma dotação total de 300 mil euros, valor dividido em 150 mil euros para propostas nas freguesias do interior do concelho ou com menos de 1.500 habitantes e 150 mil euros para propostas nas freguesias do litoral do concelho ou com mais de 1.500 habitantes. Poderiam ainda ser apresentados projetos transversais ao território.

A votação decorreu durante o mês de novembro, numa iniciativa que tem por objetivo “reforçar a participação ativa dos munícipes, possibilitando a apresentação e votação de projetos ou propostas de investimentos que visem a melhoria da vivência coletiva no território”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima