OP de Mértola já tem vencedores

OP de Mértola

As propostas “Escola Mais Activa”, no Orçamento Participativo Geral (OPG), e “Canoagem para todos”, no Orçamento participativo Jovem (OPJ), foram as mais votadas na primeira edição do “Orçamento Participativo” (OP) de Mértola.
Segundo a Câmara Municipal, que promoveu o OP, a proposta “Escola Mais Activa”, apresentada por Regina Mendonça e avaliada em pouco mais de 18 mil euros, foi a mais votada no OPG, pretendendo dotar os centros educativos/ escolas básicas do primeiro ciclo existentes no concelho de materiais de carácter lúdico pedagógico “adequados ao desenvolvimento das capacidades motoras essenciais nos respectivos escalões etários dos alunos”.
Nesse sentido, “cada Kit será composto por materiais de fácil transporte e arrumação, dadas as características da população-alvo e dos espaços existentes, e que passarão por kits de materiais para o desenvolvimento da motricidade e capacidades físicas variadas”, explica a autarquia.
No OPG foram ainda aprovadas as propostas que visam a construção de um parque infantil em Espírito Santo (de José Romana e avaliada em 20 mil euros) e criação do Xitodrómo de Moreanes (de Luís Pernas, com um custo de 20 mil euros).
Já no OPJ a proposta mais votada foi “Canoagem para todos”, apresentada pelo jovem canoísta Henrique Domingues e que estima um investimento de 9.920 euros no reforço dos equipamentos para a iniciação e aprendizagem de canoagem a disponibilizar aos centros educativos, escolas, associações, clubes e outras entidades com competências nesta área.
Também aprovada no OPJ foi a proposta de Luís Martins, avaliada em 10 mil euros, que prevê a criação “Prémio Jovem Empreendedor” e a dinamização de acções de apoio ao empreendedorismo jovem e juvenil junto da comunidade escolar e local.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima