OML estreia peça de jovem de Castro Verde

OML estreia peça de

O jovem Francisco Chaves, de Castro Verde, vai ver a Orquestra Metropolitana de Lisboa (OML) tocar esta sexta-feira, 3, a sua peça “Sinfonieta em Três Andamentos”.
O obra foi uma das vencedoras do Prémio Novos Compositores, juntamente com “Sobre Frutos Secos”, de Carlos Filipe Cruz, e vai merecer “honras de estreia” a partir das 21h00 no auditório da Universidade Nova de Lisboa pela mão da OML, dirigida pelo maestro israelita Nor Kabaretti.
“Eles já tocaram a peça e tocaram bem! Agora obviamente que estou com expectativas… Espero que gostem”, confidencia Francisco Chaves ao “CA”.
Nascido em Castro Verde há 20 anos, Francisco Chaves começou a tocar guitarra aos 11 no Conservatório Regional do Baixo Alentejo e posteriormente estudou composição com Roberto Perez, além de ter frequentado várias masterclasses com Marcin Dylla, Margarita Escarpa, Michalis Kontaxakis, Pedro Rodrigues, António Jorge Gonçalves, Marco Smaili, Denis Azabagic, Carlo Marchione, Luís Clemente, Leo Brouwer e António Pinho Vargas, entre outros.
Como guitarrista arrecadou vários galardões em concursos nacionais, assim como uma menção honrosa na terceira edição do Prémio de Composição Século XXI – Gustav Mahler.
Actualmente frequenta a licenciatura em guitarra na Universidade de Évora, sob a orientação de Dejan Ivanovich, e, paralelamente, a licenciatura em composição na mesma universidade, sob a orientação de Christopher Bochmann e Pedro Amaral.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima