Odemira recebe I Encontro Ibérico de Orçamentos Participativos

Odemira recebe I Encontro Ibérico de Orçamentos Participativos

Apresentação de exemplos de orçamentos participativos de Portugal e de Espanha, de boas práticas, de testemunhos de experiências e de participação pública, e, sobretudo, debate – são estas as “pistas” para a primeira edição do Encontro Ibérico de Orçamentos Participativos, que vai decorrer na vila de Odemira esta sexta-feira e sábado, dias 16 e 17 de Novembro.
“Sentimos que este primeiro encontro está a despertar interesse porque muitas autarquias querem vir conhecer melhor os termos e os modelos que estão testados. Sentimos que de facto há um interesse crescente”, revela ao “CA” o vereador da autarquia odemirense, Ricardo Cardoso, que não esconde ter boas expectativas para o evento.
Promovido pela Câmara Municipal de Odemira, em parceria com a Associação In Loco e a Rede Espanhola de Orçamentos Participativos, o encontro assume-se como “um evento de âmbito nacional, com um interesse global pelo interesse que está implícito” em torno desta matéria.
Nesse sentido, além das participações portuguesas e espanholas, o evento vai contar com os “testemunhos” sobre a concretização desta prática em Maputo (Moçambique) e em Fortaleza (Brasil).
Além do mais, continua o vereador Ricardo Cardoso, esta iniciativa “vem na linha da política seguida” pelo Município de Odemira, que nos últimos anos tem trabalhado para “aumentar a participação cívica das pessoas e impulsionar a sua vontade de querer participar”.

<b>Programa intenso</b>
O I Encontro Ibérico de Orçamentos Participativos vai decorrer no cine-teatro Camacho Costa e arranca às 10h30 desta sexta-feira, 16, numa sessão que contará com as presenças do secretário de Estado da Administração Local e Reforma Administrativa, Paulo Júlio, e dos presidentes da Câmara de Odemira, José Alberto Guerreiro, da Asociacón de Ciudades Participativas, Pedro del Cura, e da Associação In Loco, Nelson Dias.
Às 11h15 realiza-se uma mesa-redonda sobre o tema “Uma década de orçamentos participativos em Portugal e Espanha – Trajectórias e desafios futuros” e depois de almoço, debatem-se “Modelos de participação e de deliberação no contexto ibérico” (14h30) e “Modelos de participação e deliberação no contexto internacional” (17h00).
O primeiro do encontro termina às 21h30, com a cerimónia de apresentação dos projectos vencedores do Orçamento Participativo de Odemira 2012.
No sábado, 17, o dia arranca às 9h00 com uma discussão sobre “Orçamento Participativos – Crianças e jovens”, seguido de debates acerca das temáticas “A visão dos cidadãos” (10h30) e “Desafios futuros dos orçamentos participativos” (11h45).
A sessão de encerramento está agendada para as 12h30, com as presenças de José Alberto Guerreiro (presidente da Câmara de Odemira), Desidério Silva (vice-presidente da Associação Nacional dos Municípios Portugueses), Paulo Quaresma (vice-presidente da Anafre) e Manuela Fernandez Martín (responsável na Junta de Andaluzia pelos direitos dos cidadãos, participação e voluntariado).

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima