Odemira investe 3,9 milhões de euros em quatro novos lares

Odemira investe 3

O concelho de Odemira vai ter quatro novos lares, três para idosos e um para portadores de paralisia cerebral, num investimento total de 3,9 milhões de euros, que criará 126 camas e 100 empregos.
As novas valências estão a ser construídas por quatro instituições particulares de solidariedade social do concelho e são apoiadas pela Câmara de Odemira, que, através de protocolos, presta apoios técnico e financeiro, explica o Município.
O maior investimento, de um milhão e 180 mil euros, está a ser efectuado pela Santa Casa da Misericórdia de Odemira na construção do Lar de Idosos de Odemira, que terá capacidade para 40 utentes.
A construção do novo lar, junto da unidade de cuidados continuados e do outro lar de idosos geridos pela Santa Casa da Misericórdia de Odemira, é co-financiado em 772 mil e 502 euros por fundos comunitários e em 250 mil euros pela autarquia.
O segundo maior investimento, de um milhão e 30 mil euros, está a ser realizado pela Associação de Paralisia Cerebral de Odemira na construção de um lar na vila para acolher 22 utentes portadores de paralisia cerebral.
A nova infra-estrutura conta com um financiamento comunitário de quase 596 mil euros e uma comparticipação da Câmara de Odemira no valor de 270 mil euros, que inclui a doação de um terreno e de um edifício e um apoio financeiro de 100 mil euros.
O terceiro maior investimento, de 898 mil euros, foi efectuado pela Associação de Reformados e Idosos de Vila Nova de Milfontes na construção de um lar nesta vila para 35 utentes e que já está concluído.
O lar foi co-financiado com quase 623 mil euros de fundos comunitários e 150 mil euros da Câmara de Odemira.
O quarto investimento, de pouco mais de 837 mil euros, está a ser efectuado pela Casa do Povo de São Luís na construção do Lar de Idosos de São Luís, que terá capacidade para 29 utentes.
O projecto conta com um financiamento comunitário de cerca de 303 mil euros e uma comparticipação de 250 mil euros da Câmara de Odemira.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima